Melhores bicicletas elétricas 2019

Compartilhar:
bicicleta eletrica preço

Com o preço da gasolina lá em cima e toda a poluição que os carros provocam para o meio ambiente, muitas pessoas têm optado em ir à pé ou de bicicleta para o trabalho. Além de ajudar o planeta, é mais uma economia para o bolso. Mas o problema é que muitas vezes seu trabalho é longe e uma bike comum pode não ser tão prática para o seu percurso diário. Principalmente para longas distâncias. Foi pensando nisso que decidimos apresentar as melhores bicicletas elétricas 2019, dicas sobre como limpar uma bicicleta elétrica, principais diferenças entre os tipos de bike e muito mais.

Dessa forma você pode unir o útil ao agradável, economizar e ainda curtir a natureza enquanto vai para os seus compromissos. Tudo isso sem atrasos! E ainda dá para utilizá-la para passeios no final de semana com a família e amigos, além de aproveitá-la em algumas aventuras sozinho. Imagina você tirar um final de semana para curtir ao ar livre, fazendo um picnic no parque e descansando enquanto dirige sua bike elétrica? Delícia, não é mesmo?

As bikes elétricas realmente vieram para revolucionar a locomoção e tornar tudo muito mais divertido, e o melhor: por um preço bem acessível. Tudo isso sem contar que você nem precisa ter carteira de motorista para dirigi-la! Se você curtiu tudo isso e ficou ansioso para saber mais detalhes dessa maravilha é só continuar lendo esse artigo.

Informações gerais sobre bicicletas elétricas que todo mundo deve saber

A bicicleta elétrica foi criada como uma alternativa tanto para quem gosta de pedalar quanto para quem gosta de andar de moto. Esse tipo de bike geralmente conta com um motor, mas tem os pedais assim como uma bike tradicional, permitindo que você possa usá-la de ambos os jeitos. Elas são práticas, podendo ser guardadas até mesmo dentro de casa. Alguns modelos inclusive são dobráveis e podem ser levados dentro de carros e etc.

moto eletrica 12vAs bicicletas elétricas geralmente são movidas a bateria, e aguentam cerca de 40 quilômetros de percurso, variando de modelo para modelo. O que pode ser mais que suficiente se você precisa utilizá-la apenas para pequenas voltas e percursos diários. Elas podem ser carregadas na tomada, quase como um celular, o que gera uma grande economia quando comparada à uma moto ou carro, que depende exclusivamente de combustível.

Como não emite fumaça, a bike elétrica é considerada ecologicamente correta, além de dar toda a liberdade para você aproveitar a natureza durante passeios e percursos. Por ser elétrica ela ajuda você a chegar mais rápido em seu destino e poupa sua energia física, assim você chega cheirosinho no trabalho ou a qualquer outro destino. Ela também pode ser muito útil se você estiver com algum torção ou machucado que te impeça de fazer esforço com as pernas.

História das bicicletas elétricas

Se você acha que as bicicletas elétricas são coisa da modernidade, da era tecnológica, está enganado. Essas belezinhas já existem desde o ano de 1895, a primeira inclusive foi criada por Ogden Bolton Jr. O primeiro modelo não tinha engrenagens e seu motor alcançava 100 amperes de uma bateria 10 volts. Fraquinha, né? Mas já era uma baita inovação!

Muitos modelos foram lançados depois disso, mas o que ganhou mais destaque foi inventado por Jesse D. Trucker, que criou um motor com engrenagens internas, dessa forma a roda ficava livre, permitindo que a pessoa que a usasse tanto pudesse pedalar quanto usar o motor para se deslocar. Muito parecida com o tipo de bicicleta elétrica que temos hoje, não é mesmo?

Quando a era tecnológica chegou, aí que as bikes tiveram seu ápice e evoluíram rapidamente. Vieram os sensores de toque, controladores de potência, energia do movimento e solar. E esperamos que cada vez apareçam mais funcionalidades que facilitem nossa vida, contribuam para o meio ambiente e poupem nosso bolso! Adoramos tecnologia.

Afinal de contas, como funcionam as bicicletas elétricas?

Uma bicicleta elétrica pode funcionar tanto com pedaladas quanto pelo motor, por isso ela é chamada de híbrida. Ela funciona à bateria, e pode ser carregada da mesma forma que um notebook ou celular. Mesmo que a sua bateria acabe durante o percurso você não fica na mão, pois pode pedalar até completar o seu percurso.

Geralmente a bicicleta elétrica tem limite de peso, então é preciso ficar atento à isso para não sobrecarregar os pneus nem exigir demais da parte elétrica. A bateria pode ser de lítio ou de chumbo, sendo que a primeira opção é a que menos agride o meio ambiente. Uma bateria como essa pode levar até 8 horas para carregar, então se você pretende usá-la todo dia pode reservar seu horário de sono para isso. Quando bem carregada, a bateria pode aguentar até 40 km de distância, a uma velocidade de mais ou menos 25 km/h.

A bicicleta elétrica permite uma maior liberdade de locomoção, principalmente para quem está escolhendo o primeiro veículo. É um livramento dos ônibus, Uber, táxi e outros meios não tão baratos de locomoção. Se você souber escolher bem, fará um bom negócio!

Recursos especiais que diferenciam as bicicletas elétricas de outros produtos similares

Bom, já foi visto que a bicicleta elétrica contribui para o meio ambiente, pois o poupa da poluição. Além disso, ela é à bateria, poupando o gasto com gasolina, diferentemente de outros produtos para locomoção. Para andar de bicicleta elétrica você não precisa de CNH, desde que mantenha a velocidade até 25 km/h no trânsito. O fato é que nada consta na legislação de trânsito sobre as bicicletas elétricas. No entanto, se você ultrapassa essa velocidade, pode ser enquadrado como um veículo, de fato, e levar uma multa normalmente.

Os itens obrigatórios de uma bicicleta incluem indicador de velocidade, campainha, sinalização noturna, espelhos retrovisores e capacete. Usando sua bike elétrica no dia a dia você vai poupar tempo, se livrar do trânsito caótico, além de poder curtir a natureza sem fazer esforço físico. Ela é portátil e prática para você levar em viagens, passeios e até para guardar em casa, pois não ocupa quase nenhum espaço.

Com apenas 8 horas de carregamento sua bike estará pronta para uso. Para comprá-la é exigido um baixo investimento quando comparado a outros veículos. São muitas vantagens optar pela bicicleta elétrica ao invés de outros veículos disponíveis no mercado.

Vantagens e desvantagens de bicicletas elétricas para ajudar em sua decisão

Se você gosta de aproveitar o ar livre, economizando em gasolina, estacionamento, IPVA e consertos, com certeza a bicicleta elétrica é ideal para você. Portátil, prática, leve, bonita, são apenas alguns dos adjetivos para esse meio de locomoção que é tão famoso nos EUA e que vem se popularizando aqui no Brasil cada dia mais.

A bicicleta elétrica não agride o meio ambiente e pode ser carregada na tomada. Além disso, tem um custo relativamente baixo, custando menos que uma moto. Para dirigi-la você não precisa ter carteira de motorista, nem precisa pegar o trânsito normal junto de carros e motos. Você não precisa trocar o óleo da bicicleta elétrica.

Por outro lado, você não consegue fazer longas viagens com ela, você vai estar exposto à chuva, vento e sol forte, além de não poder ultrapassar a velocidade de 25 km/h. Você pode andar até 40 km com ela e, caso a bateria acabe, você precisa continuar o trajeto pedalando. Para subir alguns morros você também pode ter problemas, visto que ela pode não ‘’engrenar’’. A bicicleta elétrica também tem algumas restrições quanto ao peso que pode carregar, inclusive se for você o motorista com mais uma carona atrás.

Por fim, a bicicleta elétrica é muito mais pesada que uma bicicleta comum. Portanto, se a bateria acabar e você precisar subir morro ou escadas com ela, vai acabar passando um cortado, porque ela tem quase o peso de uma moto.

Eu realmente preciso de uma bicicleta elétrica? A gente te responde!

Bom, se você é amigo do planeta, dando preferência para coisas ecologicamente corretas, a resposta é sim. Se você prefere economizar com IPVA, gasolina, consertos, estacionamento, entre outros gastos, uma bicicleta é ideal para você. Se você tem pouco dinheiro para investir em um veículo, não precisa dirigir por longos trajetos, também é uma ótima escolha.

A bicicleta elétrica pode suprir muito bem a falta de uma moto ou de um carro se você não tem uma garagem. Principalmente se esse é seu primeiro veículo. Se você tem a necessidade de se locomover com liberdade, sem ter que se preocupar com horários de ônibus, enfrentar ônibus lotados em pé, sem dúvidas você vai se dar muito bem com um bicicleta elétrica.

Como escolher a bicicleta elétrica certa para as suas necessidades do dia a dia?

Bom, no mercado existem diversas opções de bicicleta elétrica, tem para todos os gostos. São muitos modelos, cores, diferentes acessórios acoplados, valores diferenciados. Algumas bicicletas elétricas vêm com cestinha na frente, para você poder levar objetos e compras. Outras vêm com um banco para o carona, e até porta garrafa.

Entre os modelos mais caros, há as bicicletas dobráveis, que podem ser levadas no porta malas do carro e guardadas em qualquer cantinho da casa. Com os mais diferentes designs, você pode optar por uma delas pensando no seu dia a dia.

  • Tem pouco espaço em casa? Compre uma bicicleta elétrica dobrável
  • Quer usar a bike para voltas pessoais? Compre a com cestinha
  • Vai usar a bike para passeio? Compre a com banco para carona
  • Quer a bike somente para trabalhar? Pegue o modelo mais simples e confortável

Dessa forma você pode selecionar, entre as diversas opções, a bike que mais irá agradá-lo e satisfazer suas necessidades. Pode ter certeza de que você não vai se decepcionar, e os gastos para mantê-la serão muito baixos.

Como cuidar adequadamente de uma bicicleta elétrica?

A gente sabe que a correria do dia a dia é grande, no entanto, a manutenção da sua bike não pode ser negligenciada. Assim como qualquer outro veículo, ela precisa de cuidados constantes para manter um bom funcionamento e durar por muito mais tempo. Para tanto, alguns cuidados básicos precisam estar sempre em dia. Os principais nós listamos abaixo, mas é importante verificar junto ao manual do fabricante mais detalhes de como cuidar da sua bicicleta elétrica.

O motor e a bateria da bicicleta elétrica são impermeáveis, no entanto, é sempre bom evitar que sejam molhados. Quando observar a chuva chegando, se possível, estacione com sua bike em um lugar seco e seguro, e aguarde até que o temporal passe. Também é importante sempre manter os pneus calibrados e limpos.

Outros itens que merecem atenção frequente são as correntes e as coroas, que também devem ser limpas com querosene. Como falamos anteriormente, sobrecarregar sua bike com peso extra também não é indicado, pois força os pneus, motor e bateria.

Ao carregar a bateria, não interrompa o carregamento, deixe que ele vá até o fim. Não deixe que passe do tempo limite, nem deixe sua bateria descarregada por muito tempo, pois o desuso pode fazer com que ela deixe de funcionar. Nunca, em hipótese alguma, acelere sua bike enquanto ela ainda estiver carregando.

Cuide para que a bike sempre seja armazenada em local seco e seguro, sem umidade, sem água ao redor, pois choques podem acontecer acidentalmente. Lembre-se que sua bike não foi feita para competições, nem corridas. Além disso, leve sua bicicleta elétrica periodicamente para uma verificação geral, pode ser que o fabricante ou loja onde você a comprou ofereça esse serviço.

O que fazer se uma bicicleta elétrica estragar?

Se você seguir todos os cuidados que citamos, mais as orientações do manual da sua bicicleta elétrica, dificilmente ela irá estragar. No entanto, caso essa situação aconteça, o primeiro passo é verificar se sua bike ainda está na garantia. Se sim, entrar em contato com a empresa e dar entrada na garantia.

Do contrário, você pode levá-la até uma autorizada ou em lojas especializadas, dependendo do problema a ser apresentado.

Os problemas mais comuns das bicicletas elétricas e como evitá-los

Se não há acompanhamento e cuidado constante, você pode ter problemas com a bateria, com o motor e pneus. Como falamos anteriormente, umidade pode ser um grande inimigo para a parte elétrica. Os pneus podem furar se você não optar por pistas mais lisas.

Por isso é tão importante calibrar os pneus com frequência, não forçar a bateria e deixar que ela carregue pelo tempo correto, nem mais, nem menos. Também não deixá-la parada por mais de 10 dias! Tudo isso ajuda muito a evitar problemas na bateria.

O motor não pode ser sobrecarregado com muito peso. Se pegar chuva na sua bike, seque-a imediatamente. Apesar de as maiorias das bikes serem consideradas a prova d’água, o risco de causar danos à parte elétrica é grande, podendo acarretar em riscos até mesmo pra você, já que podem acontecer choques. No mais, manter a manutenção em dia evita problemas, prevenindo você de acidentes e encrencas.

Tipos de bicicleta elétrica que existem

Basicamente, existem dois tipos de bicicleta elétrica, que podem ser chamados de pedelecs e mopeds. O primeiro é chamado dessa forma pois o motor não é independente, é necessário despender força física para o deslocamento.

Já a segunda opção pode ser considerada uma bicicleta híbrida, onde você tanto pode depender só do motor para chegar ao seu destino quanto pode pedalar. Esse tipo de bike é um pouco mais complicada para circular, pois exige todos os acessórios de segurança, diferentemente da pedelec, que é considerada quase como uma bicicleta comum.

Qual é melhor para você: bicicleta motorizada ou bicicleta elétrica?

Além dos tipos de bicicleta elétrica temos a categoria de bicicletas motorizadas, sabia? Pode parecer muitos detalhes e muita variedade, mas saber as categorias de bikes vai ajudar e muito você na decisão final de compra.

Para deixar as coisas bem claras de primeira, precisamos dizer que a bicicleta motorizada precisa de combustível, diferentemente da bicicleta elétrica, que é movida a bateria. Como bônus, a primeira opção pode atingir o dobro de velocidade da bike elétrica: cerca de 50 km/h.

No entanto, se a sua escolha acabar sendo a primeira opção você precisar obrigatoriamente ter a carteira nacional de habilitação e cumprir com as leis de trânsito. Por esse motivo, menores de idade estão proibidos de dirigir bikes motorizadas.

Em comum, ambas as bicicletas têm a exigência dos equipamentos de segurança, como capacete e demais acessórios. Também é indispensável o uso de retrovisores, faróis dianteiros e traseiros, velocímetro e buzina. Vale a pena pensar se comprar uma bike motorizada sairá barato a longo prazo só para você poder aumentar a velocidade na direção, afinal, você terá mais uma despesa a arcar a longo prazo, já que o combustível não está nada barato no Brasil.

Quais as principais diferenças entre uma bicicleta elétrica e uma moto?

Falamos tanto da bicicleta elétrica neste artigo que você deve estar se perguntando qual veículo vale mais a pena, e qual a diferença entre eles, certo? Quando se fala em valores, o custo é equivalente, não tendo muita diferença de uma moto comum para uma bicicleta elétrica.

bicicleta eletrica dobravelMas quando se fala em combustível, as coisas mudam. A moto, apesar de econômica, quando comparada a uma bicicleta elétrica sai perdendo. Isso porque a longo prazo a economia de gasolina é imensa e alivia o bolso. Além disso, a falta de compromisso com o IPVA também é um grande diferencial quando se coloca as duas opções na balança.

Porém, quando se fala em percorrer longas distâncias em pouco tempo, a moto sai ganhando, já que a bicicleta elétrica, por lei, pode atingir somente 25 km/h e, por fabricação, percorrer até 40 km com sua bateria carregada.

Com todas as informações que passamos, com certeza agora você poderá definir qual a melhor bicicleta elétrica pra você, não é mesmo? Independente se você pretende comprar uma bicicleta elétrica feminina ou não, vale a pena também consultar o preço da bicicleta motorizada, porque se você pretende percorrer longas distâncias ela pode suprir melhor suas necessidades.

Recomendamos que você faça uma breve pesquisa no Google por moto eletrica 12v e bicicleta eletrica 1000w, pode ser que você se agrade de uma das opções. Também não deixe de pesquisar bicicleta eletrica preço e bicicleta eletrica barata, assim você tem uma boa noção de preços também. O preço da bicicleta elétrica varia bastante de loja para loja, então você vai se deparar com bike eletrica preço alto e baixo, com diferentes funcionalidades.

Como limpar sua bicicleta elétrica com cuidado

Muitas pessoas compram a melhor bicicleta elétrica, mas não dão o valor necessário para ela. Deixando-a suja em um canto, com barro e acumulando poeira. Mas a gente já adianta que desse jeito ela não vai durar! É preciso cuidado e zelo para que sua bike dure muitos anos. Qual o valor da bicicleta elétrica pra você? Foi presente? Ou você comprou com o próprio suor? Independente disso ela é sua companheira do dia a dia e merece pelo menos um ‘’banho’’ por mês.

A dúvida é: como limpar a bicicleta elétrica? Para esse momento, separe os seguintes itens:

  • Cadarço velho de tênis
  • WD40
  • Pedaço de pano (de preferência de algodão)
  • Escova de dentes
  • Pincéis variados
  • Querosene
  • Papelão
  • Bacia ou balde

Agora arranje um cantinho em sua casa ou quintal, acomode sua bike de forma que ela não caia (pode ser escorada ou deitada). Se optar por deitá-la forre o chão com o papelão. No quadro da bicicleta você pode passar um pano úmido. Já as correntes e coroa precisam de um produtinho, a querosene.

Nada de colocar água nessas peças! Nas catracas, cubos, rodas, pedais e câmbios use o WD40, que ele dá conta do recado. Lembre de tirar o excesso de produtos com um pano. Use o cadarço e os pincéis para os acabamentos e para alcançar os cantinhos menores. Por fim, a corrente e as coroas precisam ser enxaguadas com água. Depois que estiverem bem secas lubrifique com óleo.

Se você finalmente decidiu comprar bicicleta eletrica e não motorizada, é indispensável pesquisar uma lista de preço de bicicleta eletrica, assim você pode compará-las entre si e saber qual a melhor bicicleta eletrica pra você. Lembre-se que o valor de bicicleta elétrica não está só no preço, mas nas suas funcionalidades!

Compartilhar: