Melhores roteadores wifi 2019

Compartilhar:
roteador de wifi

Presente na casa de muita gente, os roteadores de wifi sempre têm um lugarzinho reservado em alguma estante ou móvel, pronto para prover a todos da sua residência um bom acesso à internet sem ter que ficar usando nenhum tipo de cabo extra conectado aos seus diversos aparelhos eletrônicos.

Na verdade, o roteador wireless é um aparelho que é usado em redes de computadores para poder encaminhar informações vindas em pacotes de dados, assim podendo proporcionar conectividade para todos os dispositivos que pegam seu sinal, como smartphones, computadores e tablets.

Além disso, um roteador de internet geralmente tem uma característica bem específica: ele serve para buscar as melhores rotas a fim de enviar e também receber dados, podendo priorizar transmissões curtas ou menos congestionadas para que você tenha uma melhor experiência ao usar seu computador.

A fim de conectar os aparelhos que pode fazer uso da transmissão de dados por wireless e assim eliminar qualquer necessidade do computador estar conectado por cabos, a grande maioria dos roteadores mais modernos possui antenas super potentes para enviar e também receber transmissões diversas sem fio algum, se conectando de forma direta ao modem da internet.

Como funciona um roteador de wifi

Digamos que você comprou um roteador barato para sua casa, mas ainda não sabe como é que ele funciona para te prover uma melhor conexão. É bem simples, na verdade. Quando você contrata um serviço de banda larga, também vai receber um modem, que oferece um ponto único de acesso a conexão que você contratou.

roteador wirelessAssim, para que você possa compartilhar esse acesso com outros aparelhos, é necessário criar uma rede nova com o roteador, assim podendo estender o acesso à web aos outros eletrônicos que você quer conectar.

No entanto, diferentemente de um access point, um roteador não é apenas um equipamento para distribuir sua conexão local, já que ele também realiza o processo de tratamento de rede, procurando as melhores rotas a fim de transmitir os pacotes de dado, garantindo que o sinal chegue sempre de maneira rápida ao seu destino, seguindo sempre as melhores rotas com o objetivo de difundir de forma eficiente os dados que a ele são encaminhados.

Um roteador wifi potente moderno funciona geralmente conectado diretamente ao cabo de banda larga, e ainda possui mais quatro diferentes saídas de cabos para você usar, assim como uma antena, que na verdade é uma parte fundamental para que a transmissão do sinal possa funcionar, assim criando a conectividade sem fio, que pode alcançar os dispositivos que contam com a conexão wireless, como notebooks, smartphones e também tablets.

Amplamente usados para dar uma melhorada na performance e também na distribuição de conexões em lugares amplos, e também na conexão de vários aparelhos ao mesmo tempo, o roteador wifi bom é usado cada vez mais em aplicações do dia a dia, como nas redes de shoppings, de lojas, de aeroportos, colégios e, principalmente, dentro das residências, oferecendo assim uma conexão com a internet muito mais segura e fácil, sem contar que também muito mais rápida!

Tipos de roteadores de wifi

Na verdade, existem dois principais tipos de roteamento, os dinâmicos e os estáticos. Os primeiros geralmente estão presentes naqueles aparelhos que são mais baratos, e que funcionam priorizando sempre a rota mais curta para enviar os dados, deixando de considerar os possíveis congestionamentos que possam haver na transmissão.

Por outro lado, o roteamento dinâmico geralmente se encontra no modem roteador wifi de melhor qualidade, mas também de preço um pouco mais salgado, e funciona por meio da análise de certos algoritmos, fazendo assim uma prévia avaliação das condições em que se encontram as redes para priorizar não as rotas mais curtas/efetivas, mas sim as rotas que são mais eficientes, trabalhando para evitar as rotas que por mais que sejam mais curtas acabem se encontrando congestionadas por conta da transmissão excessiva de dados sobre ela.

Alguns dos roteadores que são dinâmicos podem também realizar tarefas de compressão dos pacotes de dados que lhe são enviados, de forma a fazer com que a taxa de transferência suba e torne ainda mais potente e eficiente a sua transmissão, também podendo auxiliar na construção de todo o firewall do seu computador, estabelecendo zonas seguras em redes com acesso restrito, podendo também isolar e segmentar partes da rede, assim como outras diversas tarefas de otimização e também de organização de WANs e LANs.

Qual é a real eficiência dos roteadores

Seja um roteador 3 antenas ou um roteador repetidor, o que você realmente procura na hora de escolher por um roteador wifi sem dúvida alguma é eficiência, praticidade e rapidez.

Como você agora já sabe, os roteadores funcionam realizando transmissões de dados dos diversos aparelhos móveis conectados em uma única rede interna, através de uma melhoria na escolha de rotas mais eficientes para o acesso, encaminhando e também recebendo os pacotes de dados para efetuar a conexão com a rede.

Entretanto, existem três diferentes especificações destes itens que acabam caracterizando a sua eficiência, e com certeza eles são de extrema importância. O primeiro item é, sem dúvida alguma, a velocidade de acesso, que por sua vez distingue a velocidade de transmissão de dados que o seu novo roteador pode atingir. Assim, quanto mais rápida for a velocidade de acesso, mais rápidos serão seus uploads e downloads realizados.

Uma outra informação que se mostra realmente importante é saber conhecer qual o padrão de conectividade da rede wireless, que acaba indicando a frequência de sua transmissão de dados entre o roteador e o dispositivo escolhido, sendo caracterizado dentro de parâmetros próprios e numerados, sendo os mais recentes, os mais potentes e modernos.

Por fim, você deve também ficar de olho no ganho da antena, que é medido por uma unidade única, servindo para indicar o alcance do sinal desse novo roteador wireless escolhido. Assim sendo, quanto mais potente for a antena do seu roteador, maior será amplitude de área que ele vai poder abranger, dando assim mais força para o sinal e criando uma cobertura muito maior a partir do ponto em que o roteador se encontra.

Qual o futuro dos roteadores wifi

Entre as diversas tecnologias que estão para serem lançadas, algumas se destacam demais quando falamos de melhoria na conexão sem fio, e na verdade algumas já estão se tornando fortes tendências pelo mundo todo, seja alterando configurações por meio de aplicativos dentro dos smartphones ou simplesmente com o uso de aparelhos específicos para a tarefa.

Quer saber o que o futuro reserva para melhorar a sua rede sem fio nos anos que vem a seguir? Então dá só uma conferida em algumas das tecnologias que prometem mudar de forma radical o futuro do que hoje conhecemos como WiFi.

Sabemos que o sistema de redes sem fio hoje em dia já está presente em grande parte das casas do mundo inteiro, e com um número sempre crescente de dispositivos móveis como notebooks, tablets, celulares e outros, esse tipo de conexão acabou se tornando quase que obrigatória na casa de quem realmente precisa ter acesso a internet em qualquer lugar. Por conta disso, saber as formas de como o wifi vai ser aprimorado podem te preparar para um dia a dia melhor.

1. Redes Mesh

Mesh, do inglês, pode ser traduzido como malha para o português, ou seja, a rede mesh, na verdade é uma malha interligada de pontos de rede pequenos. No nosso wifi habitual, o roteador é responsável por arrebatar o sinal da banda e depois mandá-lo para os dispositivos que estão conectados.

Entretanto, caso haja muitos aparelhos conectados, a rede pode perder sua estabilidade e ficar extremamente lenta para quem está fazendo uso dela. Além disso, apenas um roteador geralmente não tem a capacidade necessária para cobrir uma área grande. Ou seja, se você está muito longe do roteador, pode acabar perdendo seu sinal e ficar sem sua conexão com a internet.

Uma rede mesh serve para combinar vários repetidores e roteadores a fim de criar uma verdadeira malha de sinal, assim fornecendo uma cobertura muito mais eficiente e estável para todos os pontos da sua casa. Um ótimo exemplo de um aparelho de rede é o Google Wifi, que na verdade é um conjunto de aparelhos que, ao serem conectados a sua banda, melhoram toda a eficiência da rede em toda a casa.

Isso acontece por conta dos algoritmos e softwares especiais que monitoram de forma constante a forma como a rede está sendo usada. Assim, se você por acaso estiver usando um de seus aparelhos para fazer um streaming de vídeo, vai notar que ele vai receber a prioridade da banda, para que a sua transmissão aconteça de forma limpa e contínua.

Uma rede dessa também pode aumentar consideravelmente a cobertura do sinal, melhorando a potência deles em todos os cantos, gerenciando o tráfico, tornando a rede muito mais estável, e livrando por vez de travamentos e também de lentidão.

2. Roteadores inteligentes

Este novo tipo de roteador sem fio, como já deixa bem claro o nome, são roteadores bem melhores que os chamados tradicionais, aqueles usados por grande parte das pessoas. Eles já vêm com uma série de novos recursos a fim de melhorar o uso da rede Wifi.

Exemplificando, o famoso OnHub SRT-AC1900, um roteador da marca Asus, já vem com um conjunto único de antenas que servem para identificar a melhor combinação possível entre estas, com o objetivo de proporcionar uma velocidade de rede muito maior. Elas também servem para alternar automaticamente as frequências de banda, dependendo de qual for a necessidade do momento.

Além de tudo isso, há os novos roteadores inteligentes, que contam com diversos aplicativos que podem acessar as configurações de maneira fácil e rápida, permitindo alterar qualquer tipo de parâmetro de funcionamento.

Da mesma forma que uma rede mesh, os roteadores inteligentes têm a capacidade de redistribuir a banda de forma mais proveitosa e inteligente, dando prioridade a aparelhos que estão realmente precisando de uma banda mais intensa naquele momento.

3. Novos aplicativos de controle

Hoje em dia, dentro das lojas de apps, como a App store e o Google Play, existem diversos programas que vêm prometendo dar aos seus usuários um controle maior sobre suas próprias redes sem fio. A grande parte destes aplicativos, no entanto, não são uma grande novidade, mas nos últimos tempos eles têm se tornado cada vez melhores.

Na verdade, a tendência é que nos anos que vão seguir estes aplicativos possam se tornar ainda melhores, oferecendo várias funções diferentes, como a troca da frequência da banda, a restrição de determinados tipos de serviço, vários filtros para os dispositivos feito pelo endereço MAC e muito mais.

Isso já é uma realidade, visto que alguns aplicativos que são dedicados a roteadores como o próprio OnHub e também o Google Wi-FI já oferecem em parte. Entretanto, se espera que no futuro próximo estes aplicativos consigam controlar de forma fácil e prática qualquer tipo diferente de roteador, tudo para garantir uma maior velocidade de rede.

Quais são as dimensões do roteador wifi

Bom a essa altura do campeonato você provavelmente já deve saber qual o preço de roteador e qual o melhor roteador wifi para você ter em sua casa. Mas agora você deve estar se perguntando qual o tamanho de um brinquedinho desses, certo?

Verdade seja dita, tudo vai depender apenas do espaço disponível para você pode colocar o seu roteador wifi. Cada roteador tem suas especificações, mas a grande maioria deles vem no formato de um retângulo, alguns com antenas diferentes, enquanto outros possuem antenas externas para você poder fazer um melhor uso de sua conexão de rede.

Escolha o modelo de roteador portátil ou não, vendo sempre quais são as suas necessidades e não foque sua energia para saber qual o tamanho de um aparelho desses, quando o que realmente importa é a tecnologia que lhe é aplicada e as suas funções que o fazem superior aos outros tipos de roteadores.

Comprar roteador wifi é uma coisa que leva tempo e você tem que tirar um pouco de sua energia, dedicando-a para analisar os diferentes modelos que o mercado tem a oferecer, já que cada um deles em específico vêm com dimensões diferentes um do outro, assim como seu formato, sendo que alguns são verticais enquanto outros podem ficar na horizontal sem maiores problemas.

Detalhes dos roteadores wifi

Bom, cada roteador vai ter um preço diferente, e geralmente o preço é definido por nada menos do que as propriedades do roteador em si. Quanto melhor o roteador wifi for, mais caro ele será e mais funcionalidades ele vai ter.

Por exemplo, você pode escolher um roteador 3 antenas para ter uma conexão mais segura e forte por toda a extensão da área que ele for assegurar, no entanto, o design desse tipo de roteador vai ter que ser modificado levemente, o que torna impossível trazer um padrão para esse tipo de item.

Cada roteador vai apresentar suas funcionalidades únicas para tentar se sobressair aos outros, te oferecendo mais, querendo te conquistar. O melhor roteador wifi, no entanto, vai ser sempre aquele que te oferece o que você realmente precisa, e não aquele que te oferece muito mais do que você pede. É importante levar em consideração nestes momentos o valor a ser investido em um roteador.

O roteador wifi preço pode mudar completamente seu orçamento, já que os itens mais modernos desta classe geralmente custam valores altos demais para o uso doméstico, sendo mais indicado para o uso comercial, podendo ser instalado dentro de empresas.

Vale a pena comprar um roteador de duas ou de três antenas?

A verdade é que alguns dos modelos de roteadores por aí possuem duas antenas ou três. Os modelos são indicados geralmente para perfis diferentes com configurações singulares de uso da rede, e a escolha do padrão ideal pode fazer com que o sinal melhore drasticamente.

Que tal dar uma conferida nas principais diferenças entre o roteador de três antenas e o de duas para poder aproveitar e deixar sua rede bem mais potente, seja em casa ou no trabalho? Uma coisa que influencia pesadamente é o número de quartos ou andares pelos quais o aparelho precisa dar conta, e isso vai influenciar muito na hora de se fazer uma escolha.

‘’Pra quê serve a antena?’’ Você deve estar se perguntando. Bom, para poder te ajudar a escolher a melhor opção é preciso que você saiba para quê serve essa antena. Ela tem a finalidade de aumentar o ganho de sinal, seja recebendo ou transmitindo dados. Isso quer dizer que ela concentra e também aumenta o campo do WiFi. Quanto mais forte for o conjunto de antenas, mais forte também será o sinal, que vai chegar muito mais longe.

preço de roteadorUm erro bem frequente é achar que isso vai interferir na velocidade da conexão, que na verdade vai ser definido pelo padrão wireless, sendo que os mais modernos conseguem chegar até 300Mps.

Ao contrário do que você possa pensar sobre o assunto, a quantidade de antenas não vai aumentar o alcance total do seu sinal. O ganho vai ser o mesmo, mas uma quantidade maior de antenas pode melhorar o tráfego de dados, ou seja, isso cria mais pontos de transmissão e também de recepção de sinal.

A título de exemplo, vamos supor que você tenha um roteador de três antenas. Quando uma delas estiver recebendo o sinal, as outras duas vão poder transmitir o sinal para diferentes dispositivos. Isso permite que você possa ter mais conexão em diferentes dispositivos sem perder a qualidade do seu sinal, já que em um roteador de apenas uma antena ela vai ter que ficar alternando entre a função de receber e também de transmitir o sinal como um todo.

Mas qual escolha você deve fazer? Bom, para escolher, você primeiro deve pensar no seu bolso. Mais antenas sempre vai ser algo positivo, mas o gasto pode acabar não compensando em sua casa. Só é verdadeiramente interessante comprar um roteador de três antenas se você tiver vários dispositivos sendo usados em casa. Se você tiver apenas um conectado, o valor pago em um roteador com mais antenas nunca vai compensar o uso que você está exigindo dele.

Vale lembrar que o alcance vai aumentar proporcionalmente, porém, em um ângulo mais estreito. Isso interfere muito, já que se você mora em uma casa com dois andares é importante verificar qual roteador é o melhor para você, e um muito potente pode acabar te deixando na mão na hora de querer usar sua conexão.

Por que comprar um roteador?

Um roteador wifi pode mudar completamente a forma como você acessa a internet. Muitas operadoras hoje em dia concedem modems com conexão wifi ao fazer a instalação da conexão em sua casa, no entanto, estes modems geralmente não têm potência o suficiente para serem efetivos na hora.

Ter um roteador muda completamente o cenário, te oferecendo uma qualidade melhor de conexão sem que você fique esquentando a cabeça a toda hora, ligando para sua operadora a fim de resolver o problema da sua conexão. Com um roteador, você vai ter sempre muito mais área de conexão, podendo se estender por toda a casa se necessário, e assim cobrindo todas as suas necessidades inerentes a alcance.

Um roteador é a escolha certa para você, de uma forma ou de outra. A única decisão que você deve fazer é no modelo e nas suas funcionalidades, e isso pode ser resolvido com uma boa pesquisa de mercado, daquelas que abrem todas as portas necessárias para que você conquiste o que precisa.

Agora você já sabe de tudo o que precisa para fazer uma boa escolha na hora de comprar o seu roteador de wifi. Não se esqueça de pesquisar bem, entendendo como funciona o roteador e quais são as melhores especificações de cada modelo em especial, desta forma você evita de acabar se incomodando no futuro e tendo que comprar um novo roteador por conta de uma escolha errada.

Compartilhar: